segunda-feira, 6 de junho de 2016

MBA em Book Publishing - mais aulas...

Em abril escrevi este post com algumas impressões sobre o MBA em Book Publishing que estou fazendo na Casa Educação. Hoje gostaria de compartilhar mais impressões e comentar um pouco sobre outras aulas que tive desde então.

Depois daquele post, tivemos mais quatro dias de aula:

Em 30/04, tivemos aula de gerenciamento de projetos editoriais (oba!) com um professor ótimo chamado Roberto Paranhos. Eu gostaria de ter mais aulas com o Paranhos porque ele tem formação e vivência em projetos editoriais e deu noções de como estruturar um projeto editorial - mais ou menos o que vi no MBA em gerenciamento de projetos na FGV, mas de forma mais sucinta e voltada para o mercado editorial. Eu gostei muito dessa aula.

No dia 07/05, faltei na aula da parte da manhã (porque fui para a oficina de tradução), mas fui para a aula à tarde sobre gestão financeira de editoras, com o André Castro. Ele falou um pouco sobre economia, gestão financeira e de como estimar gastos com o projeto de um livro. Essa aula foi um pouco "tensa" porque era preciso fazer uns cálculos e a maioria da turma não entendia nem os termos financeiros e nem os cálculos, embora muitos entendam a importância de se ter pelo menos alguma noção do planejamento financeiro necessário para um projeto editorial. Essa aula será retomada em julho...

Em 14/05, aula com o Pedro Almeida e a Alessandra Ruiz sobre "Criação e gerenciamento de conteúdo". Eu estava ansiosa para ter aula com o Pedro Almeida por causa dos artigos/ posts dele na PublishNews que sempre acompanhei e a aula atendeu as expectativas - a Alessandra Ruiz também é ótima! Parece que ter dois professores deixa a aula menos cansativa também. Eles falaram um pouco sobre vários aspectos importantes na hora de selecionar livros para publicação, sobre como conhecer o público-alvo, agências literárias, análise de tendências, entre outros tópicos. Foram os únicos a preparar uma apostila até agora. Pelos comentários no grupo do WhatsApp depois da aula, tive a impressão de que todos gostaram da aula. Para mim, alguns tópicos não foram novidade, mas gostei muito de tudo que ouvi.

Sábado passado, 04/06, de manhã, tivemos aula com o Jiro Takahashi (ele voltou! <3), que continuou a aula do dia 27/02 (é... a forma com que as aulas foram organizadas não tem lógica; alguns colegas concluíram que o nosso horário foi montado de acordo com a disponibilidade dos professores e, ainda assim, sujeito a mudanças de última hora, porque os professores dão aula em outros lugares/ têm outros compromissos e, aparentemente, não somos prioridade). Ele continuou contando sobre a história das editoras no Brasil, tudo muito interessante, todo mundo adorou! À tarde, pelo horário, deveríamos ter aula de "Design e produção gráfica", mas tivemos aula de "Produção de conteúdo para redes sociais". Essa aula da parte da tarde eu só consegui assistir até umas 16h, algumas dicas foram válidas, mas a aula, em geral, não estava me acrescentando (além de o professor parecer estar super de mau humor/ com má vontade de dar aula), então fui embora - talvez seja a idade, mas já não me obrigo a conviver com pessoas que não quero, ver aulas que não acrescentam, fazer coisas que não fazem sentido etc. Depois fiquei sabendo que vários colegas também foram embora, sendo que, no fim, havia menos da metade da turma e o professor encerrou a aula às 17h (era para terminar às 19h). Prefiro não comentar muito mais sobre essa aula da tarde, pois a minha visão de que ela não vale a pena é muito pessoal; alguns colegas acharam as aulas totalmente válidas. Já sugeri ao coordenador que essa matéria fosse ministrada pela Daniela Kfuri, que tem muito mais experiência em marketing editorial, nas próximas turmas. Na verdade, eu também queria ter aula com ela se fosse possível.


11 comentários:

  1. Que bom que você voltou a falar do MBA, Aline.
    Confesso que fiquei com medinho dessa aula de Gestão Financeira porque eu sou uma negação com cálculos! hahaha. No geral, você sentiu que o nível das aulas estão melhorando desde aquele seu primeiro post sobre o curso?
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Jana!

      Ah, todo mundo ficou "de cabelo em pé" na aula de gestão financeira! Hahaha A matéria é difícil porque não faz parte da realidade da maioria das pessoas (na verdade, acho que ninguém trabalha diretamente com gestão financeira na minha turma), mas dá para aprender, sim. No meu outro MBA a coisa foi bem mais "complexa" porque o professor pedia para fazermos cálculos com a calculadora financeira antes de jogarmos os dados dos exercícios na planilha com fórmulas que ele deu. Nesse MBA o André já deu a planilha pronta, então era"só" a gente entender o que os valores significavam e para que serviam.

      No geral, sinto que o nível das aulas melhorou. Apesar disso (estou falando por mim, ok?), sinto falta de mais aulas de gestão. Como o curso é um "MBA" (Master of Business Administration), eu esperava um foco maior em "Administration", ou seja, como planejar e controlar melhor o fluxo de projetos dos livros, para que eles saiam dentro do prazo e do orçamento e com a maior qualidade possível. Por enquanto, em relação a isso, só tivemos uma aula de gerenciamento de projetos (que vai continuar talvez no segundo semestre) e aulas de gestão financeira.
      Talvez ainda seja cedo para fazer conclusões, porque há várias matérias de gestão que ainda serão dadas, mas com o passar do tempo, vou conseguir ter uma opinião melhor sobre isso.

      Uma coisa é certa: com as aulas que já tivemos, está dando para ter uma ideia mais clara da situação do mercado editorial atual, como pensar em estratégias/ soluções e trabalhar de forma mais consciente (pensando em público-alvo, tendências, potencial de vendas etc.).

      Ontem enviei um e-mail sugerindo ao coordenador que as aulas tivessem uma sequência mais "lógica" (mesmos assuntos agrupados em aulas seguidas), ele respondeu que vai fazer isso. Imagino que o curso vai melhorar nas próximas turmas.

      Beijo!

      Excluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Aline!

      Estou enrolando para escrever mais sobre as aulas e sobre as minhas impressões sobre esse MBA porque ele não está atendendo bem às minhas expectativas, estou achando o curso meio raso - alguns colegas concordam comigo, outros acham que está "ok", outros parecem não se importar com o nível do curso.

      Tenho a impressão de que o curso não foi estruturado direito porque as aulas aconteciam aleatoriamente, de acordo com a disponibilidade dos professores (pedimos para que isso fosse mudado e só aí agruparam as aulas dos mesmos assuntos e com os mesmos professores). Por exemplo, tivemos aula de "história do mercado editorial no Brasil" num sábado e essa aula só foi retomada uns dois meses depois - sendo que fomos tendo aulas de vários assuntos entre essas duas aulas.

      Sobre as avaliações, soubemos mês passado que teremos alguns trabalhos em grupo de algumas matérias específicas, como gerenciamento financeiro, para entregar, por exigência do MEC (ou seja, se o MEC não exigisse não teria avaliação nenhuma), além do TCC em grupo no fim do curso.

      Na aula passada ficamos sabendo que precisaremos entregar um projeto de livro no começo do ano que vem - faremos tudo (escolha do título, tradução, revisão, diagramação, capa) e o livro será publicado pela Editora HSM (em e-book e impressão sob demanda). Detalhe: essas coisas vão sendo comunicadas ao longo do curso e não no começo, o que me faz pensar que nada disso estava planejado, foram pensando e incluindo depois que o curso já começou (!).

      Às vezes ainda tenho a impressão de que não há muita diferença entre fazer esse MBA e fazer cursos diversos de curta duração na Universidade do Livro ou na CBL, exceto pelo título "MBA" que depois aparecerá no meu CV. As aulas do Jiro Takahashi e de alguns outros professores são muito boas, mas a maioria das aulas é "ok" (nem bom nem ruim).

      Se eu pudesse voltar no tempo, talvez concluiria que juntar mais dinheiro para fazer um curso em publicação nos Estados Unidos ou um mestrado na França (uma amiga ganhou bolsa para estudar isso lá por um ano) seriam opções melhores.

      Essas são as minhas impressões. Recomendo MUITO que você converse com outras pessoas que estão fazendo o curso também, para tirar suas próprias conclusões.

      Abraços!

      Excluir
    2. Oi, Aline!
      Legal você comentar sobre tudo isso... estou pensando muito bem no que fazer...
      Há um tempo que procurava cursos na área, mas pós-graduação só encontrava algo relacionado à Literatura ou Língua Portuguesa, que é da minha área de formação (fiz Letras e trabalho com edição de livros de Literatura infantil e juvenil). Quando vi esse curso, que abrange várias áreas do meio editorial, fiquei muito animada... pelo valor, tive que esperar um pouco pra ver se iria dar, mas agora fiquei na dúvida!rs.
      Já fiz cursos na Universidade do Livro, mas justamente por achar os valores altos para um curso de 12 horas, por exemplo, que as coisas são "passadas bem por cima" (pelo menos foi a impressão que tive), achei que esse título de "MBA" no currículo seria muito melhor... Vou tentar conversar com outras pessoas sim...
      Muito obrigada pela pela prestatividade!
      Um abraço!

      Excluir
    3. Eu também estava procurando um curso de pós em publicação desde 2012 e quando surgiu esse MBA, nem refleti muito, para falar a verdade, e me matriculei. Só não entrei na 1ª turma porque estava terminando outro MBA em Gerenciamento de Projetos na FGV (talvez por isso, também, estou achando esse MBA raso - o curso da FGV era bem estruturado e exigia muito mais dos alunos).

      O curso é legal para conhecer pessoas do meio (colegas) e com interesses comuns. Adoro as pessoas da minha turma! Todo mundo gosta de ler, está antenado nas publicações e faz comentários ou perguntas interessantes. Por esse lado está valendo muito a pena.

      Acho que seria legal você fazer parte disso, mas não tenha muitas expectativas (aí você sofre menos depois... haha). E talvez algumas coisas já estejam melhores - em janeiro vai começar a 4ª turma, certo? Estou na 2ª turma... alguns colegas comentaram que a nossa turma e a 1ª devem ser "piloto". E eu tenho curiosidade para saber se as próximas turmas têm uma estrutura melhor (pelo menos essa deveria ser a ideia, certo? melhoria contínua).

      Ah, se tiver tempo, peça para assistir uma aula com alguma turma, só para você ter uma leve ideia de como elas são...

      Excluir
    4. Boa ideia, Aline! Vou pedir para assistir uma aula...
      Se eu começar, vou entrar sem muitas expectativas, mas aviso você se continua a mesma coisa rs.
      Obrigada mais uma vez!
      Beijo.

      Excluir
  3. Olá, Aline.
    Conheci seu blog há pouco tempo e estou gostando muito! :)
    Estou com interesse em fazer esse MBA. Vai começar uma nova turma em janeiro de 2017. Você poderia falar mais sobre como funciona o sistema de avaliação deles? Você comentou sobre o TCC em grupo no final, mas que não tinha trabalhos... então não tem provas, nada? Pretendo ir lá essa semana...
    Obrigada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondi acima, na mensagem que você excluiu. Por favor, dê uma olhada! ;)
      Beijo.

      Excluir
    2. Obs.: por enquanto, sei que teremos de entregar trabalhos em grupo que valem nota. Não falaram nada de provas individuais nem em grupo. Do jeito que as coisas são, talvez comuniquem isso (que teremos provas) mais pra frente...

      Excluir
  4. Oi, Aline,
    Estou pensando em fazer esse MBA ano que vem e descobri o seu blog :)
    Imagino que vc já tenha concluído o curso. Poderia me dar uma ideia geral do que achou? Valeu a pena ter feito?
    Sou formada em Letras, trabalho com revisão e tradução, e quero entrar no mercado editorial, mas confesso que tenho um certo medo de cair numa cilada...

    Abraço.

    ResponderExcluir